quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Reveillon 2010 - pte 2 (A VIRADA)


Vamos às conclusões do Reveillon 2010. Na verdade a pedidos dos amigos, vou esmiuçar a nossa virada. Ao chegar na praia, foi um Deus nos acuda impressionante! Nunca vi tantos playboyzinhos carregando isopores com "drink".
Foi divertido. Eu, com meu braço/punho debilitado assistia de camarote. Pois bem, a essa altura o relógio marcava 23h39. Devidamente acomodados - os drinks/bebidas - começamos os preparativos para festança. O grau etílico já estava além do normal. Mandei aquele Engov pra dentro, e dei uma olhada para a praia. Estava completamente tomada de turistas, manezinhos, banhistas e outros "istas". De repente, nao me lembro quem começou, mas houve uma onda de ligar para as mamães e juntar a rapaziada para gritar os nomes das respectivas. "Clara, Clara"...Dona Lúcia, Lúcia"...Dona Dulce, Dulce"...enfim, e os filhos caiam no choro. Mas não um choro de tristeza, e sim de emoção, de alegria.

Ahã... e a virada? Vamos a ela! Vai começar o ano inteiro, como citou o Kioski no vídeo. 2010. Se inverter vira 10e20. O dobro da nota máxima. Em meio a um papo gostoso com alguém agradável, rsrs, começa a contagem regressiva! 3...2...1...Feliz Ano Novo!

Não consigo expressar a sensação que foi. A vibração, a alegria, o entusiasmo, o sorriso e melhor sentimento que uma pessoa pode ter em relação a outra, imperaram naqueles 5 metros quadrados da Praia de Jurerê. Já passei trocentos Reveillons legais. Mas esse, esse foi diferente. Não sei se pelas pessoas, pelo momento da minha vida, pelo catso que for. Mas foi especial.

Olhava para o céu, para os amigos, para o mar. Aquilo me encheu de energia. Lembro da hora em que abracei o Gui Brandão. Que energia tem esse moleque! Enfim, todos têm, desde 1º de janeiro de 2010, um lugar especial aqui...

Obrigado
Reflitam, sintam e viva!
Hasta

PS: Tem mais umas coisinhas pra contar, deixa pra semana que vem...

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Reveillon 2010 - em Floripa a aventura começa...pte 01


Uma via sacra. Porém muita vibe, good vibrations. A começar pelo embarque. Aos 49 do segundo tempo conseguimos, - eu e o intrépido Saraiva - dois lugares no avião para Floripa. Chegando lá, tudo muito legal, aquele calor de queimar o cerebelo, pelo menos o ar condicionado funcionava, a primeira constatação de que eu estava em São Paulo. um p.......ta trânsito. E os táxis modernos se comunicam via rádio. O problema era que a ilha só tem duas saídas do aeroporto. 78 minutos depois chegamos.

Descanso, bodinho, e praia. Voltamos para a pousada e tivemos a grata surpresa do amigo Pilly Munn que nos fez cia. durante a estada em Floripa por motivos extra blog. Aliás, se não fosse o Pilly, estávamos na roça, porque não existe lugar pior para estar sem carro do que na Ilha da Magia. Estávamos no Campeche, pra chegar na Lagoa da Conceição, no mínimo 45 minutinhos. Só o congestionamento já cansou. Voltamos pra casa depois que eu finalmente, depois de uns 12 anos, experimentei tal do temaki (Sim, nunca fui chegado em peixe cru, mas o de Filadéfia era muito bom. Devorei uns 4). Dia seguinte, uma p...ta chuva. O jeito foi ficar por ali mesmo A noite fomos no Black Swan, um pub honesto, que o Pilly fez questão de xingar a 700 metros de distância toda a geração do segurança que realmente foi folgado e não quis deixar a gente entrar. Ainda bem que apareceu a Fefe (prima dele) e o Gueed para acalmar os ânimos e ajudar a entrar no local.

Dia 31, uebaa. Pousadinha, piscininha, cervejinha, fizemos amizades e a caravana partiu as 20h para Jurerê internacional. Que beleza, parecia a junção do trânsito da 23 de maio, com as duas Marginais e um pouco do Minhocão. depois de umas 2 horinhas de tráfego...chegamos. No outro trânsito, da praia de Jurerê. Após muitos contatos via rádio com a turma, encontramos a trupe que estava na casa, já de barraca montada esperando 2010 chegar. Se esquecer alguém prometo retificação: Habemus Finus (Altafini), Gui, Fefe, Jojô, Mary Pi, Gabi, Igor, Dodô, Betão, Gonçalo (o portuga), Keka, Bruno, Jason, Saraiva, Pilly, namorada do Gui (sorryyy) e acho que só. Foi muuuuuita vibe. Segue o vídeo abaixo para vcs verem.

Amanhã ou depois de manhã tem mais, senão cansa e não cria expectativa para visitarem o blog, eheheheh.
Hasta
video